Seu cachorro ama seu cheiro

Para o seu cão o seu cheiro é o melhor do mundo

 

A ciência está mais uma vez provando algo que muitos de nós tutores já sabíamos: Nossos cães reconhecem e amam o nosso cheiro. A pesquisa foi publicada online pelo jornal Behavioral Process em Janeiro de 2015 pelo Centro de Neuropolicy da Emory University, liderada pelo neurocientista Gregory Berns. O estudo usou avançada tecnologia de ressonância magnética para provar que cachorros podem reconhecer nosso cheiro, mesmo quando nós não estamos por perto. Mais interessante ainda é como o cérebro dos caninos responde diferentemente a odores de outros cães e humanos em comparação a odores de familiares humanos. Como resultado, foi constatado que nós possuímos o melhor cheiro na opinião de nossos cachorros.

 

Sobre o estudo

 

Berns estuda o pensamento em cachorros por muitos anos. Ele ganhou fama por ter sido a primeira pessoa a treinar, com sucesso, os cachorros para ficar super quietos durante o exame de ressonância magnética e por desenvolver métodos científicos capazes de determinar se um cão é um bom candidato para servir como cão militar ou cão de companhia. Ele também escreveu o fascinante “How dogs Love Us” usando neurociência para explorar como cães pensam e amam.

 cachorro focinho

Seu último estudo envolve cognição canina e olfato. Nós todos experimentamos a poderosa conexão entre um particular perfume e emoções. Romance, casa, trabalho e comidas, todos esses elementos possuem um aroma particular e despertam emoções e lembranças específicos. Berns desejava entender como os cães pensam quando farejam, especialmente

porque muitas das informações sensoriais em cães derivam de odor. Ele contou a Jennifer Viegas do Discovery News “…como os cães possuem o olfato muito mais desenvolvido do que os humanos, os cães são mais propensos a expressar reações muito mais poderosas do que nós.”

De acordo com o site ScienceDirect, onde o estudo foi publicado, 12 cachorros foram usados, todos treinados para ficar totalmente imoveis durante a ressonância magnética. Durante o procedimento os cães foram expostos a cinco diferentes cheiros:

  • Ao cheiro do próprio cachorro

  • Ao cheiro de um cachorro desconhecido

  • Ao cheiro de um cachorro que vivia na mesma casa

  • Ao cheiro de um humano desconhecido

  • Ao cheiro de um humano que vivia com eles

Como a fonte do cheiro não estava presente durante o teste, o estudo pode também demonstrar como a memória funciona em cachorros. As amostras de cheiros foram obtidas a partir de partes bem odoríficas do corpo: traseiro e genitálias dos cachorros e axilas dos humanos. Além disso, os participantes não podiam tomar banho ou usar desodorante durante 24 horas antes dos testes.

Os resultados

 

De acordo com o estudo, todos os cheiros apresentados aos cães despertaram reações na porção do cérebro associada a boas expectativas. Isso demonstra que os cachorros possuem

alguma identificação com cada aroma. Os cães apresentaram maiores reações para aromas de humanos familiares, seguidos pelos cheiros de cachorros que eles já conheciam.

 

Berns resumiu suas descobertas para Viegas: “Os cães não só distinguiram os cheiros de humanos conhecidos dos demais, como também demonstraram uma reação positiva. Geralmente nós esperamos que os cães reajam mais positivamente ao cheiro de outros cães, mas ao que parece as reações mais gratificantes são reservadas para seus tutores.

 

O que este estudo significa para o futuro

 

Estudos como este são importantes para ajudar a melhor selecionar cães de serviço. É caro treinar cachorros para detectar explosivos, farejar drogas, trabalhar como militares ou cães policiais, servir como companhia para pessoas com deficiencia física etc. Se um cão passa por metade do processo para depois percebermos que ele não é adequado para a tarefa, preciosos recursos foram disperdiçados. Berns acredita que o estudo do cérebro de filhotes possa um dia ajudar a desenvolver melhores métodos para selecionar e treinar cães.

 

Enquanto os estudos ainda estão progredindo, eu fico feliz em saber que meu cachorro pensa que meu cheiro é o melhor de todos =).

 

 

Texto original publicado em: pethealthnetwork.com

 

Campanha de limpeza de tartaro (novembro 2015)

Categories: Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>